…subir e descer escadas a torto e a direito!!!

Que canseira! É tudo tão bonito, quando de propões a viver numa casa: novas ilusões, novas esperanças, pequenas coisas que arrumar aqui e ajeitar ali. Enfim o normal de quem deixa tudo para trás e começa tudo de novo, mas sabendo-se rodeado da família. A casa prometia e muito como se pode ver na foto:

Casa_Londres

 Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

A nossa parte corresponde às 4 janelas sobre a parte azul, onde vive o nosso vizinho. Por aqui dá logo para entender que subir e descer escadas é “o pão nosso de cada dia”.  E o pior de tudo é quando tens que lavar roupa (faço uma maquina cada dia! É verdade somos 5, bem agora com o sobrinho encrostado somos 6!) e a máquina está no 2º andar!!!! Lembro-me tão bem de que quando casei queria um duplex, que achava que devia ser muito prático…pois tinha 25 aninhos…agora já passados os 40, não há vontadinha nenhuma de subir e descer escadas como uma louca… Estas são as malditas:

escadasO bom disto tudo é que se faz muito exercício de tanto subir e descer escadas… (tenho pena do meu vizinho, coitado, que leva com 4 miúdos a correr escada a cima, escada a baixo…nem quero pensar nas pragas que nos deve rogar cada dia!)

Até logo!

…é encontrar uma raposa pelo caminho

É verdade! Desde Setembro que caminho todos os dias para o ginásio e de vez em quando lá estava ela: olhava para mim como quem dizia: “Que queres?” E o mais difícil de todo foi fazer coincidir a raposa com o meu telemóvel. Parecia praga: quando me lembrava de levar o telemóvel, não se via raposa em parte nenhuma… no dia que me esquecia, lá estava ela toda pimpona… Finalmente há umas 2 semanas atras os 2 coincidiram e o resultado foi este:

fox2 fox1

Ok! Já sei que as fotos não são da qualidade e beleza que o meu amigo João Bastos, mas esforcei-me! Também, não se pode exigir mais às 6:45 da manha!!!!!

Beijocas,

 

…é ter a oportunidade de conhecer o meu sobrinho!

É verdade! Saí de Portugal há 9 anos para ir viver para España. O meu sobrinho tinha 10 anos. Se o vi entretanto, foi tudo entre visitas fugazes a Portugal, e portanto não posso afirmar que o conhecia. Afinal na puberdade é quando mais uma pessoa se afirma e forma a sua personalidade. Quando estávamos cá em Agosto de férias, o meu sobrinho já cá estava a morar e a tentar refazer a sua vida. Encontramo-nos para almoçar e, devo confessar, que com boa impressão dele não fiquei: Estava super magro, com piercings por tudo o que era sitio visível na cara linda que tem, e vestido à havy metal o algo que tal. (Na foto não se ve muito bem, mas acho que se entende bem de quem falo 😉 )

Sobrinho

 

E como sempre os ditados populares têm sempre razão: “quem ve caras não ve corações”.  Quiz o destino que, por varias razões, deitássemos uma mão ao rapazola, e ele veio para cá viver em Setembro. E nós passamos a conhecer o Tiago, que era um autentico estranho para nós. E parece que afinal o miúdo, saiu melhor do que parecía: debaixo dessa capa de dureza e provocação, encontra-se un teenager com muito que provar e conhecer, com momentos de rebeldia e otros mais de responsabilidade e  como é normal passou a ser mais um da familia.  Hoje começou uma nova etapa. Que seja boa e duradoura.Watch movie online The Transporter Refueled (2015)

Até logo!

…viver em Londres!

kveen0682s

Depois de 9 anos a viver em Espanha (1 ano em Madrid e 8 em Barcelona), decidimos mudarnos para Londres. A mudança foi mais fácil do que esperávamos, essencialmente para os miúdos (se bem que depois de mudarmos de casa 6 vezes, das quais 2 foram mudanças de país (primeiro para Madrid e depois para Barcelona(sim, Catalunha é um pais, e fala-se uma lingua diferente, essencialmente na escola)), é certo que não esperávamos grande resistencia por parte dos mais pequenos. O facto de os termos posto no instituto espanhol, ajudou muito, porque não tiveram que aprender imediatamente uma lingua nova. E, outra coisa muito interessante, praticamente todos os colegas eram novos na escola.

E assim, rapidamente voltamos à rutina cá em casa: o P. vai todos os dias trabalhar, os miúdos vão a pé para a escola e eu vou para o ginásio e depois volto para casa para trabalhar nos nossos projectos. Tudo igual como antes…Como é viver em Londres me perguntam? É igual que viver em Barcelona, só que aqui as pessoas falam inglês 😉 ! Ao contrario da Susana, de quem tenho seguido as aventuras, mudar-me de país não teve esse impacto na minha vida. Agora não o teve, mas sim quando nos mudamos para Madrid e depois para Barcelona. Agora os miúdos já vem a vantagem que é serem, de momento trilingue (Português, Espanhol e Catalão) e a grande vantagem que terão quando forem poliglotas e dominarem totalmente o inglês.

Até logo, divirtam-se!!!!Watch Full Movie Online Streaming Online and Download